Designer transforma portfólio em passaporte e sai ‘perdendo’ ele perto de locais que gostaria de trabalhar

Miruna Macri é uma designer e diretora de arte da Romênia que resolveu deixar a criatividade fluir para divulgar o seu trabalho, isso porque ela criou seu portfólio no formato de um passaporte e saiu ‘perdendo’ ele por pontos estratégicos de Nova York, nas proximidades dos lugares onde ela gostaria de trabalhar.

Miruna conta que a ideia surgiu quando ela percebeu que passaporte é algo que sempre chama a atenção, principalmente em uma cidade tão turística como Nova York, onde as pessoas, quando encontram o documento, abrem para descobrir a identidade da pessoa.

Tendo essa informação importante em mãos, a designer colocou na primeira página seus dados completos: nome, formação, idiomas, e, na parte dos vistos e carimbos, ela apresentou seus trabalhos já realizados.

Até o momento, Miruna já ‘perdeu’ mais de 20 passaportes por Nova York e espera ansiosamente o retorno de alguém que tenha um emprego para lhe oferecer.

Abaixo, você pode conferir um vídeo mostrando o processo de criação desse super portfólio:

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.