Sugestões de viagem ao centro de Portugal

Viajar até Portugal está muito na moda, mas a maioria das sugestões se concentram em Lisboa e Porto (“no Porto”, como eles dizem por lá, como “no Rio” ou “no Recife”). Portugal é um país bem pequeno (do tamanho de Pernambuco) mas tem muito mais para visitar além de suas principais cidades e das praias do Algarve. Confira algumas sugestões de viagem para a região Centro de Portugal.

Coimbra

Na “cidade dos estudantes” funciona a mais antiga Universidade de Portugal; durante o período colonial, enquanto única Universidade portuguesa, aqui se formaram os principais quadros políticos e técnicos da independência brasileira. Além dos edifícios acadêmicos e da notável Igreja de Santa Cruz, encontrará vestígios do período romano, em especial o incrível Criptopórtico e as ruínas de Conímbriga (a 20 km), que deu o nome à cidade.

Figueira da Foz

A “praia da Claridade” é a praia urbana e a principal da linda cidade da Figueira da Foz. Além do passeio no calçadão, você pode ver as vistas na Serra da Boa Viagem e jogar no cassino local. Lembre-se: tal como você pode jogar no cassino online da Redbet e outros via internet, os portugueses podem jogar legalmente nos cassinos licenciados, como esse. Nos dias de Suão (vento quente, típico do verão português), não deixe de visitar a praia de Quiaios, onde uma comunidade piscatória mantém vivas as tradições. Visite ainda os ecos da história no Forte de Santa Catarina e nos dois pelourinhos de Buarcos.

Leiria

Na pequena cidade litorânea, geminada com Maringá/PR, você encontra um dos mais belos castelos portugueses. A paragem na Praça Rodrigues Lobo para um drinque, em uma esplanada com vista para o castelo, é inspiradora. Fátima A 20 km de Leiria se encontra Fátima, um dos maiores santuários católicos e marianos do mundo. Os devotos de Nossa Senhora Aparecida devem passar por lá.

Batalha

Desça a serra partindo de Fátima e em 15 minutos estará em Batalha, onde se ergue o magnífico mosteiro de Santa Maria da Vitória. Foi erguido por ordem do rei D. João I como agradecimento pela vitória na famosa Batalha de Aljubarrota, contra o invasor espanhol (ou castelhano, pois no século XIV a Espanha ainda não existia). A 3 km do mosteiro você encontra o Centro Interpretativo da Batalha de Aljubarrota, que explica como os portugueses derrotaram um exército superior em número e como nossos antepassados europeus faziam a guerra no século XIV.

Alcobaça

A 25 minutos do mosteiro da Batalha você encontra outro monumento também tombado como Patrimônio Mundial pela UNESCO, e aí começa se perguntando como é possível encontrar tanta história, patrimônio e riqueza cultural em tão poucos quilômetros. A abadia de Alcobaça foi um dos maiores centros culturais de Portugal, por séculos. Sua igreja é do século XVIII, mas a abadia se encontra ali desde o século XII.

Nazaré

Avance mais 15 km para o mar e estará na Nazaré. Não tem dúvida: foi desta pequena vila piscatória, com seu santuário no alto da falésia sobre o mar, que partiu a fé inspirando o Círio de Nossa Senhora da Nazaré, em Belém do Pará. Se vier em setembro, encontrará o grande festejo religioso e civil. No resto do ano, tem sempre deliciosos pratos de peixe.

Óbidos

Desça mais alguns quilômetros para entrar nas muralhas medievais de uma pequena vila
histórica, super bem conservada. Óbidos faz lembrar Ouro Preto/MG, mas as muralhas e o castelo fazem você imaginar que guerreiros cristãos ou islâmicos do século XII podem surgir em qualquer esquina.

About Stifler Mendes

view all posts

Blogueiro e fundador dos sites Criatives, DesignBrain e Curiozo com Z. Formado em Desenvolvimento Web e Design Gráfico, morador de São José dos Campos, apaixonado por séries e Counter Strike ♥