Holanda se torna o primeiro país no mundo sem NENHUM cão de rua abandonado.

A Holanda se tornou o primeiro país no mundo a não ter mais NENHUM animal de rua, depois da implementação de estratégias de curto, médio e longo prazo, além das legislações que incentivassem a população a cuidar com o devido zelo de seus animais. Porém, se engana quem pensa que sempre foi assim, há tempos atrás, a situação era bastante diferente.

As ruas holandesas eram infestadas de cachorros desamparados e doentes, pois o abandono em massa desses cães era frequente, principalmente porque não existia nenhuma lei que proibia tal ação. Na Holanda, assim como em vários outros países da Europa, os cães representam um sinal de status, mas, a raiva e outras doenças, fez com que muitas famílias abandonassem seus bichinhos, sem que isso fosse contra alguma legislação do país.

Para começar a mudar esse quadro, o governo passou a oferecer serviço gratuito de castração, além de vacinas e medicamentos. Desde então, foram castradas 70% das cachorras abandonadas do país, onde logo após, foi aprovado um projeto de lei que proibia condutas consideradas abusivas com os animais, além de que cada dono era obrigado a oferecer acesso a saúde e tratamentos veterinários para seus bichinhos.

Caso fosse comprovado qualquer tipo de infração, a pessoa poderia pagar uma multa de até 30 mil reais, onde até mesmo, em alguns casos, é prevista pena restritiva de liberdade.

Porém, não bastava simplesmente cuidar dos animais de rua e impedir que eles se reproduzissem continuamente, também era necessário incentivar os holandeses a adotarem os cães abandonados, e foi aí que o governo, mais uma vez, arregaçou as mangas e entrou em ação.

Uma nova lei surgiu, taxas mais altas de impostos passaram a ser cobradas para a comercialização de cães, o que tornou o processo de comprar um cachorro muito mais caro. Com isso, as pessoas começaram a se interessar mais por animais em postos de adoção, que geralmente foram deixados ali por famílias, ou já nasceram sem um lar.

Pouco a pouco, todas essas medidas foram contribuindo para a redução cada vez mais desses animais abandonados, até que fosse aniquilada de vez, não há mais cachorro de rua na Holanda! Ainda não satisfeitos, eles mantém a tradição de aceitar os pets em estabelecimentos comerciais, restaurantes, supermercados, dentre outros.

About Rafael d'Avila

view all posts

Publicitário. 22 anos. Morador de São José dos Campos. Sempre curioso. Apaixonado por dinossauros, TV e filmes e séries de terror.