Garçonete dá comida para um mendigo e acaba descobrindo ele que era o seu chefe disfarçado.

Muitas pessoas passam por moradores de rua, mendigos e pessoas pedindo esmola no farol e acabam lidando como se eles nem existissem.
Essas pessoas acabam sendo invisíveis pela sociedade por medo de que aconteça algo de errado com suas ações com eles.

Sempre quando alguém tem um comportamento diferente, a reação é de muita surpresa e espanto.

Um caso de uma garçonete no Texas, nos Estados Unidos, está se popularizando pela surpresa que ela teve a querer fazer o bem ao próximo.
Maria resolveu contrariar todas as regras do estabelecimento onde trabalhava, e resolveu alimentar um mendigo de rua, que estava pedindo comida.

O mendigo que entrou no estabelecimento com uma aparência descuidada e suja, mal conseguia andar. Ele se sentou na mesa e ninguém quis atender o mendigo. Pessoas que estavam ao lado fizeram menção de se distanciar.

Maria, como tradicionalmente se comportava com todos os clientes, atendeu o mendigo educadamente.

Ela se apresentou e se colocou à disposição para o que ele precisasse. Todos ao redor olharam espantados, clientes e funcionários. O gerente repetiu a regra de que se o mendigo não pudesse pagar pela comida, ela pagaria do próprio bolso e ela disse que tudo bem.

A surpresa foi quando o homem terminou de comer, pediu a conta e pagou a conta. Mas ele não pagou apenas o valor do prato. Ele deixou uma gorjeta de 100 dólares a mais para a garçonete embaixo dos pratos vazios.

Ninguém acreditava que aquele homem teria dinheiro para pagar. E o mais impressionante foi o cartão que estava junto com uma mensagem dizendo que o homem a respeitava muito e ela também se respeitava pela cordialidade que trata as pessoas. “Você encontrou o segredo da felicidade. Seus gestos bondosos irão guiá-la entre os que a conhecerem.”

Detalhes importante: o cartão tinha sido escrito pelo dono do restaurante, que se vestiu de mendigo e foi até o próprio restaurante para avaliar a qualidade do atendimento e da comida.

Ninguém desconfiou de quem o mendigo era na verdade e Maria mostrou que não era importante quem era e sim como iria atender a pessoa, da melhor forma possível.

Ela foi promovida a gerente e teve sua vida transformada após seu gesto nobre com o próximo.

About Stifler Mendes

view all posts

Blogueiro e fundador dos sites Criatives, DesignBrain e Curiozo com Z. Formado em Desenvolvimento Web e Design Gráfico, morador de São José dos Campos, apaixonado por séries e Counter Strike ♥